Amigos para siempre
O filho diz:
A tertúlia com exórdio na gênese da adolescência.
Écbases ao extremo na escada da escola.
As longas tardes engendrando conversas enquanto a agulha arranhava discos e mais discos e mais discos...
Todo aquele mundo semi-novo que fazia nossos olhos fulgenciarem enquanto éramos felizes sem saber.
As ficantes efêmeras, o infindável universo musical, os rolês de bicicleta, histórias inolvidáveis, enfim, os bons momentos de amizade.
O filho que meu pai não teve, meu primo de sangue diferente.
Meu eterno amigo as três e quinze da madrugada...


(Foto: esq. MaicknucleaR dir. Deathdesigner "Sérgio vicente)

O pai traduz:
A união de amigos com início na começo da adolescência.
As mudanças repentinas de assunto na escada da escola.
As longas tardes criando conversas enquanto a agulha arranhava discos e mais discos e mais discos...
Todo aquele mundo semi-novo que fazia nossos olhos brilharem enquanto éramos felizes sem saber.
As garotas que se foram, o infinito universo musical, os rolês de bicicleta, histórias inesquecíveis, enfim, os bons momentos de amizade.
O filho que meu pai não teve, meu primo de sangue diferente.
Meu eterno amigo as três e quinze da madrugada...

5 comentários:

Anonymous disse...

Hello I really like your blog I have a Home Jobs site/blog. It pretty much covers Home Jobs related stuff.

márcio américo disse...

SAUDADE E TERNURA "ESCONDIDOS" EM MEIO A PORRADARIA VERBAL! GOSTEI.
AÍ, LINKEI VC LÁ NO MEU BLOG!

Vanessa disse...

Fala, figura!
Gostei daqui! Já que pensante é demais, esta foz de quixotescas filosofias já é parte das minhas favoritas!
Até mais!
:*

Anonymous disse...

U.S. News Looks To Web For Salvation
Google Launches Beta Feed Reader: ... and it belongs in beta. I'll get to the review in a second.
Find out how to buy and sell anything, like things related to private road construction on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like private road construction!

arrudA disse...

salve Maick

Poeta nuclear
da rua pra fora
da alma pra dentro

abraço de arrudA

Postar um comentário