Cola na Veia na TV Cultura

Meu documentário Cola na Veia também foi veiculado no Porgrama Manos e Minas, na TV Cultura

Repercursão

Repercursão nacional e internacional do meu documentário COLA NA VEIA, que fala sobre a arte de rua com cartazes









PRIMEIRA PUBLICAÇÃO INTERNATIONAL DO COLA NA VEIA

SEM FOMENTO. Sem apoio ou conluios escusos e com compartilhamentos quase zero: PRIMEIRA PUBLICAÇÃO INTERNATIONAL DO COLA NA VEIA: "Wheat pasting is a cool form of Street Art. Many artists come up with awesome ideas and concepts which are printed extra large or are completely hand drawn. Recently we received the link of this cool documentary about wheat pasting. To be very honest, after seeing this documentary we’re really motivated to bring our voice to the streets".




Segunda publicação internacional do meu documentário "Cola na Veia"

Segunda publicação internacional do meu documentário "Cola na Veia"
http://www.isupportstreetart.com/media/


COLA NA VEIA


O documentário "Cola na Veia”, de MaicknucleaR, é uma produção independente que explora a pluralidade de temas e discursos que surgem da arte feita com cartazes - os lambe-lambe -, que interferem na urbanização das cidades utilizando somente papel e cola. São 30 artistas da cena de colagem que através de suas intervenções impactam a cidade com diversas expressões  que possuem um rico prisma de reivindicações, mensagens e reflexões.

The documentary "The Wheatpasting" explores the plurality of themes and discourses which emerges from the art made with posters through the city of Sao Paulo. Featuring 30 artists of the current wheatpasting scene, which through their intervention impact the city with various artistic expressions, creating a rich prism of themes and motivations all over the most variate urban scenarios.

Duração: 46:20
Filmagem, direção e edição: MaicknucleaR
Câmera: Carol Mondin, Evelyn Konig e MaicknucleaR
Filmado em São Paulo e Mauá em 2017
CONTATO: maicknuclear@gmail.com

Os artistas são Miurrauze, Discórdia, Giulia Takayama, Marco Maroveral, Rodrigo Creper, Lucas Cachorro,  Cauê Maia, Bianca Maciel, Mari Vieira, Ju Reimberg, Gabriel Ribeiro, Emilio Dossi, Bia Ferrer, Marlos Barros, Rafael Prado, Átila Fragoso, Renoir Santos, Aline Fidalgo, Carol Mondin, Lela Brandão, Lane Regato, Raul Zito, Haroldo Paranhos, Marcelo Fazola, Kelly Cristina, Karen Ka, Major, Ygor Marotta, Josias Leal e Ruben Luz.

ESPALHE ESSA NOTÍCIA NAS ESQUINAS DA SUA CIDADE:

ESPALHE ESSA NOTÍCIA NAS ESQUINAS DA SUA CIDADE: Dia 20/5 tem o lançamento ONLINE do doc "Cola na Veia". O documentário "Cola na Veia”, de MaicknucleaR, é uma produção independente que explora a pluralidade de temas e discursos que surgem da arte feita com cartazes - os lambe-lambe -, que interferem na urbanização das cidades utilizando somente papel e cola. São 30 artistas da cena de colagem que através de suas intervenções impactam a cidade com diversas expressões que possuem um rico prisma de reivindicações, mensagens e reflexões.⁠⁠⁠⁠ O lançamento oficial vai ser através da page: http://www.facebook.com/colanaveia no site oficial: http://www.abreai.com/colanaveia e no canal: http://www.youtube.com/nuclearonline
Cara. Passar pela vida sem tocar a alma alheia, sem consagrar a beleza das nuances, sem revolucionar vidas e pensamentos, sem insurgir contra os erros do estado e as mazelas do sistema, sem causar um sentimento plangente através de uma superação, sem sair do estado de ódio para a completude da paz, sem sair da mesquinharia vital, sem se comunicar com um estranho sem ter indiferenças, sem ter invadido o coração alheio com algo benéfico, em minha insana concepção atômica: não é viver. Sinceramente não sei que porra vocês buscam com suas artes, mas eu quero multiplos disso que acabo de descrever acima. Ainda não "cheguei lá". Mas to tentando desde 1993, quando escrevi minha primeira canção e como diz Les Brown "it's not over, until i win".

Questionando muito a vida e seus sentidos. Enfim, sem novidades. Muita filosofia, metafísica, psicologia, desvendamentos de sign(ificad)os e no final tudo é uma grande balela. Sem gurus, sem religiões, sem linhas Junguianas ou existencialistas a parte, as estrelas só brilham, não respondem nada! É muita falação para pouco sentimento verdadeiro e muita falação sobre sentimentos verdadeiros. No final acho que só podemos melhorar a nós mesmos. Se eu for um compositor eu tenho a obrigação de ser o compositor mais fudido que já existiu no planeta, e, mesmo que não consiga é vital tentar sê-lo. Isso foi somente um exemplo. A vida anda meia-boca demais e a primazia está com os pulsos cortados, faz tempo. Não tô falando de competição; eu vejo um mundo abundante e a competitividade é pra covardes desleais (há espaço para todos, mesmo que você acredite que não, seu otário). Se eu for amar, quero morrer de amores e ressucitar no terceiro chute no rabo. Se eu for atravessar a porra da rua vai ser de forma única e especial. Se eu beber um copo d'água vai ser um ato transcedental... Peço a Deus que me faça enxergar a beleza nas coisas mais simples, pois eu sou um dos que não sabem o que faz.

Exibição de COLA NA VEIA, documentário de MaicknucleaR

 
Exibição do documentário que explora a pluralidade da unicidade humana através de um rico prisma de discursos e motes feito com mais de 30 artistas de rua coladores de lambes. A pré-estreia é lá no Ateliê Daki, na Rua Rogério Fernandes, 20 - Grajaú, SP, após o workshop da Giulia Nakayama (13h). O lançamento mundial será no Stage Barra Funda, dia 29/4, às 20h, com exibição às 21h em ponto e com um after party/baladinha rock harcore FREE pra quem chegar até às 21h pra assistir o doc. O Stage fica Rua Brigadeiro Galvão, 871, São Paulo #lambelambe #streetstyle #streetarteverywhere #saopaulo #osmurosfalam #artederua #intervençãourbana ##art #coladefarinhadoc #colanaveia #olheosmuros #colagem #aruafala #pelacidade #maicknuclear #trailer #wheathpaste #pasteup #wheatpasting #stickemup #arteurbana #olheosmuros #osmurosfalam #artederua #pixo #aruafala #oqueasruasfalam
Exibição do documentário que explora a pluralidade da unicidade humana através de um rico prisma de discursos e motes feito com mais de 30 artistas de rua coladores de lambes. A pré-estreia é lá no Ateliê Daki, na Rua Rogério Fernandes, 20 - Grajaú, SP, após o workshop da Giulia Nakayama (13h). O lançamento mundial será no Stage Barra Funda, dia 29/4, às 20h, com exibição às 21h em ponto e com um after party/baladinha rock harcore FREE pra quem chegar até às 21h pra assistir o doc. O Stage fica Rua Brigadeiro Galvão, 871, São Paulo

Trailer de COLA NA VEIA (Documentário de MaicknucleaR)


EM BREVE EM:

Dormi de Touca


NRS ENSAIO

Ensaio do NUCLEAR REGGAE STYLIE, versão guitarra, voz e batidas.

DANÇANDO VALSA NOS SALÕES DO INFERNO

Meu livro já passou de 25 mil viwes online

Dancando Valsa Nos Saloes Do Inferno de MaicknucleaR by MaicknucleaR on Scribd

Cá estamos, brother - MaicknucleaR e o Sarau Portátil

Segue aí o clipe do som/poesia "Cá estamos, brother", de MaicknucleaR e o Sarau Portátil. Que envolve várias cenas de colagens de lambes, shows, apresentações, brodagens, bebedeiras e tatuagens.
Cá estamos, brother - MaicknucleaR e o Sarau Portátil from MaicknucleaR aka New Killah Mike on Vimeo.

Play List

Após 16 anos somente criando e sem nenhuma gravação das suas mais de 80 músicas, a banda Uzzmetralha (MaicknucleaR & Vagau), finalmente lança seu primeiro álbum entitulado "Primazia Musicada", com as primeiras 12 canções. O álbum segue o estilo DIY de produção totalmente independente. As vozes e letras ficam na conta de MaicknucleaR. Guitarras e baixo por Vagau. Os beats e bateria eletrônica ficam no comando de MaicknucleaR e Vagau. A mixagem foi um trabalho conjunto de Vagau, Tomires Ribeiro e MaicknucleaR